unique visitors counter
Precisa de ajuda?
Faça aqui a sua pesquisa
Ilha oferece aos turistas quantidades absurdas de cocaína, álcool e sexo ilimitado

Se eras daqueles que andava à procura de um sítio para o deboche máximo, este é o tal!

As férias são promovidas numa ilha ao largo da costa de Cartagena, na Colômbia.

Uma empresa anunciou descaradamente pacotes com orgias com prostitutas numa ilha colombiana “amigável com drogas “.

Dois vídeos que anunciam o resort mostram homens que chegam para sexo, drogas e álcool ilimitados.

Um vídeo erótico que promove as viagens – descrito como uma “experiência da ilha do sexo” – mostra um homem que chega ao local, onde é recebido por garotas pouco vestidas.

 

Outro mostra um homem calvo entrando no seu quarto para descobrir quatro mulheres nuas deitadas na sua cama.

Ele também mostra dezenas de modelos vestidas de biquíni dançando num barco, enquanto uma legenda na imagem diz: ‘Sexo ilimitado incluído’.

No segundo dos quatro dias, os clientes do sexo terão meia hora com 16 mulheres ao mesmo tempo – e os organizadores dizem que os clientes poderão encontrar seu “verdadeiro eu”.

As férias são oferecidas por um grupo chamado Good Girls Company, que está a anunciar uma viagem entre 24 e 27 de novembro.

Outras cenas no vídeo incluem um homem que come uma refeição no corpo nu de uma mulher, enquanto outra mulher se apresenta numa versão fetiche vestida de criada francesa.

No site, a empresa diz que os clientes poderão “viver a vida como você sempre imaginou” e descreve isso como “um ambiente discreto e bonito para que os homens realizem suas fantasias mais loucas”.

Sessenta prostitutas competirão pela atenção de 30 homens na viagem, revelou a empresa.

A Good Boy Company explicou nas redes sociais: “Teremos 60 mulheres ardentes atendendo a 30 clientes, haverá duas mulheres para cada um deles (disponível) 24 horas por dia. O preço inclui todas as refeições”.

A “ilha do sexo” fica na costa de Cartagena na costa norte da Colômbia.

Um itinerário informa os potenciais turistas que haverá uma sessão de sexo no primeiro dia e que qualquer cliente pode participar.

O dia seguinte oferece a cada cliente uma meia hora com 16 mulheres ao mesmo tempo, enquanto os dias terceiro e quarto apresentam festas num iate de luxo para 100 pessoas, completo com DJ.

Embora a prostituição não seja ilegal na Colômbia, o proxenetismo é um crime, os serviços de direito anunciados no vídeo pareceram cair mal.

Entretanto o video já foi retirado do Youtube.

Os complementos anunciados no site do grupo incluem massagens eróticas e triangulos, bem como passeios a cavalo e golfe para aqueles que não querem passar o tempo todo num quarto.

loading...